O Atlas Edge Server agora está em pré-visualização pública

Jourdain Patrick

Temos o prazer de anunciar que o Atlas Edge Server está em pré-visualização pública! Qualquer desenvolvedor do Atlas agora pode implantar o Edge Server em sua infraestrutura conectada. Veja mais informações em nossos documentos ou já comece a usar.

Os desenvolvedores gostam da plataforma de dados para desenvolvedores do MongoDB por causa da flexibilidade e facilidade de uso do modelo de documento, bem como pelas ferramentas úteis, como pesquisa e gráficos, que simplificam o gerenciamento de dados. Como um componente crucial de nossa solução Atlas for the Edge, o Atlas Edge Server estende esses recursos a ambientes remotos e com restrições de rede.

Anunciado pela primeira vez no MongoDB.local London 2023, o Atlas for the Edge permite o processamento e o gerenciamento de dados locais em ambientes de borda e em dispositivos de borda, reduzindo a latência, melhorando o desempenho e permitindo a resiliência da desconexão.

Quais são as novidades da pré-visualização pública?

Uma de nossas principais prioridades é fornecer aos desenvolvedores uma experiência integrada no gerenciamento de seus dados e aplicativos. Buscamos continuamente aprimorar essa experiência, e é por isso que a partir de hoje o Atlas Edge Server pode ser baixado, configurado e gerenciado diretamente por meio da interface do Atlas.

Os desenvolvedores que fizerem implantações pela interface do Atlas poderão escolher entre dois fluxos de integração para garantir que sua configuração seja adaptada às suas necessidades. Isso inclui tanto os desenvolvedores que desejam conectar seu servidor de borda a um driver ou cliente MongoDB quanto aqueles que desejam possibilitar a conexão com o Edge Server por meio do Device Sync.

Por que o Atlas Edge Server?

Embora a computação de borda aproxime o processamento de dados dos usuários finais e ofereça benefícios consideráveis, como resiliência de rede e aumento da segurança, vários desafios inerentes à computação de borda podem dificultar seu aproveitamento total. Alguns desafios da computação de borda são gerenciar redes complexas, tratar grandes volumes de dados e lidar com questões de segurança, o que pode impedir as organizações de adotarem a computação de borda. Além disso, os custos associados a criação, manutenção e dimensionamento dos sistemas de computação de borda podem ser significativos.

O Atlas for the Edge e o Atlas Edge Server reduzem esses desafios. O Atlas Edge Server fornece uma instância do MongoDB Server equipada com um servidor de sincronização que pode ser implantado em uma infraestrutura local ou remota. Ele permite a sincronização em tempo real, a resolução de conflitos e a tolerância à desconexão. Isso garante que aplicativos e dispositivos essenciais operem continuamente, mesmo com interrupções de conectividade. O Edge Server permite a sincronização seletiva apenas dos campos modificados, conservando a largura de banda e priorizando as transferências de dados cruciais para o Atlas. Ele também mantém a funcionalidade do cliente de borda mesmo com interrupções de conectividade da nuvem, evitando paralisações de operações essenciais, como gerenciamento de estoque e sistemas de ponto de venda. Ao processar os dados localmente, ele reduz a latência e permite insights rápidos sobre os dados, reduzindo a dependência de bancos de dados centrais.

Vamos nos encontrar na borda

A pré-visualização pública do Atlas Edge Server ressalta o compromisso contínuo do MongoDB em aprimorar nossa plataforma de dados de desenvolvedor para infraestruturas distribuídas. À medida que continuamos a investir no Atlas for the Edge, o objetivo do MongoDB é equipar as equipes com uma solução de dados robusta que não apenas ofereça uma experiência excepcional para o desenvolvedor, mas que também os capacite a criar soluções inovadoras para seus negócios e clientes.

comece a usar ou acesse a página do Atlas for the Edge para saber mais sobre como nossa solução de borda está beneficiando as empresas.